Dinastia OS ELLIOT ^Um homem de negócios ^Brenda Jackson


TÍTULO ORIGINAL: Taking care of business

Desde que conheceu Tag Elliot e Renee Williams não consegue pensar em outra coisa, a não ser imaginar como seria sentir os lábios quentes dele sussurrando em seus ouvidos, tocando seus lábios, explorando seu corpo. Mas Tag é membro da família mais rica de Manhattan, por isso, Renee acredita que ele está muito longe de sua realidade.
Contudo, ele está disposto a enfrentar qualquer escândalo para ter Renne como sua esposa. Afinal de contas, Tag a queria. E ele sempre tinha o queria.

Tinha sido como uma carícia física em seus sentidos. E quando as mãos se tocaram naquele aperto de mão, Tag precisou controlar-se ao máximo para não puxá-la para perto dele. Ele imaginava que ela devia ter cerca de 1,70m sem os sapatos de salto, e a roupa que usava, um terninho cor de tangerina, definitivamente, realçara suas curvas.
E havia também a cor da pele dela, uma cor cremosa que o fazia lembrar-se de caramelo. Combinada com um cabelo negro e longo que caía em seus ombros e olhos castanho-escuros que olhavam fixamente para ele. Além da aparência impressionante, ela irradiava inteligência e compaixão. Ele realmente teve de rir quando pensou no que ela dissera quando se recusara a se sentar. Ele daria qualquer coisa para conhecê-la melhor mas sabia que seria impossível. Um envolvimento romântico com alguém era a última coisa para a qual dispunha tempo. Desde que seu pai decidira, e com razão, que passar o tempo com a mãe de Tag era mais importante do que o que estava acontecendo no escritório, Tag se envolvera mais do que nunca com a revista. E havia aquelemaldito desafio lançado por seu avô, Patrick Elliott, que levara a uma disputa entre as quatro revistas mais importantes da editora.

Tag Elliot  estava reocupado com o problema de saúde da mãe e no momento que conheceu a médica responsável pelo tratamento ficou encantado mas aquele ñ era o momento para um relacionamento. Além da doença da mãe ainda tinha a disputa pela presidencia da empresa , porém De qualquer forma, quando chega o momento não tem pra onde correr , não desistiu e se aproximou  da  médica e em nenhum momento  ficou  preocupado com um relacionamento inter-racial. Já a nossa mocinha, Renée  não pensava assim, ficou com muito medo e durante todo o tempo era a mas preocupada com a situação, tinha medo do preconceito, principalmente por ele ser um "Elliott".Mas com coragem e muito amor, não tem preconceito que resista, gostei muito desse Tag .



3 comentários :

  1. Eu li esse livro e achei que Renee tinha preconceito com a própria cor, Tag é muito fofo, deveria ter procurado uma mulher menos encucada...kkk
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Li todos os livros dos Elliots e com certeza esse é o único ruim, pois a mocinha é uma chata de galoxa sem tirar nem pôr!
    Mas preocupada com a cor de pele dela do que todo mundo.
    O Tag é lindo, tudo de bom, e teve de ter uma paciência de santo pra aguentar tanta frescura.
    kkkkk.
    Sorry pela revolta, mas detesto mocinhas preconceituosas e com singo memso então!
    kkkkkk.

    ResponderExcluir
  3. Eu tenhe este por aqui. Mas não li ainda e pior sei lá onde anda o coitado deve estar perdido, mas hora acho. è ótima essa série cada bonitão...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...