Melancia (Watermelon) - Marian Keyes

Título Original: Watermelon
Sinopse - Família Walsh, livro 1 

Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, para convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa....



Olá meninas, hoje eu trago pra vocês a resenha do livro Melancia. Sempre tive interesse em ler esse livro, mas fiquei com o pé atrás depois que li as críticas. A maioria dizia que o livro era muito ruim e que não valia a pena ler, mas, como eu sou do contra, comprei o livro.
A verdade é que gostei bastante do livro. Claire é uma mulher bonita, tem um marido lindo e inteligente, uma casa legal, um ótimo emprego e acha que tudo está perfeito, até o momento em que leva um baita pé na bunda no dia do nascimento da filha. Totalmente perdida, resolve passar uns dias na casa de seus pais. O livro tem picos de romance, comédia e tem momentos também em que eu senti raiva da personagem principal com as coisas que ela faz, principalmente nos momentos em que a depressão toma conta.
Boa parte do livro Claire passa em uma baita depressão, bebendo muito, chorando, pensando no ex marido, se sentindo gorda como uma melancia, até o dia que sua irmã leva Adam, um amigo da faculdade em casa, a partir dai, se inicia uma fase mais leve e prazerosa para o leitor.
A família de Claire é responsável por muitos momentos engraçados no livro, ela tem duas irmãs, uma delas é obcecada pelo oculto e a outra é uma arrasadora de corações, a mãe é péssima cozinheira e ama novelas e filmes de amor, o pai parece estar a beira de um ataque de nervos o tempo todo.
Acredito que todas as mulheres vão se identificar com algum trecho do livro, seja ele, o abandono, solidão, traição, desapego. Me vi em muitas situações vividas por Claire, principalmente nos momentos de dúvidas com o corpo depois de ter um bebê.
A leitura me prendeu, li o livro em 5 dias e quando acabou senti saudades, principalmente do Adam, que me arrancou muitos suspiros, embora tenha certeza de que ele não existe. E sinceramente não sei o que ele viu na Claire, que se mostrou insegura demais, chorona demais e egoísta também.
O livro é legal, mas não recomendo para quem não tem paciência de ler, pois o livro fica legal mesmo no meio. É um livro muito bem narrado e muito engraçado. A leitura é leve  e descontraída e não sei bem porque, mas o livro me lembrou muito O Diário de Bridget Jones, então quem leu esse livro vai gostar de Melancia.
Beijos e até a próxima!.
 || SKOOB || TWITTER || FACEBOOK ||

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...