Inverno de cinzas - Adriana Brazil


Título: Inverno das cinzas
Autor: Adriana Brazil

Páginas: 275
Editora:Novo Século

SINOPSE  
No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.



Olá pessoal!

Oh! Enfim saiu o segundo volume da serie Foi assim que te amei. Uma história inebriante e muito bem contada pela autora nacional Adriana Brazil. Ah! Eu adoro essa turma de “Florianópolis”, principalmente o Andrew Gamberini, ele é tão encantador!

Nossa protagonista Helen Castilho é uma jovem que realmente admiro. Ela é inteligente, leal e se preocupa com as pessoas. Por ter uma família estruturada e muito religiosa, é um exemplo de perfeição, tipo na saúde e na doença até o fim. Possivelmente essa tenha sido uma das principais razões pelas quais o Andrew num momento de medo e insegurança tenha feito uma escolha equivocada. E eu vou logo dizendo que, a partir desse momento fiquei tão decepcionada.Poxa, ele não confiava nos sentimentos dela! Pior de tudo é que o cabeça-dura não ouviu ninguém, e olha que seus amigos fizeram de tudo para convencê-lo de que o amor deles era verdadeiro.

Helen não imaginava que tudo à sua volta gradualmente iria desmoronar.Quem em algum momento da vida não passou por situação semelhante? 
 Então para minimizar a sua dor, ela decide registrar seu dia a dia numa agenda e convenhamos chega a ser deprimente. Aconteceu tanta coisa, a carga emocional foi tanta, que adivinhamos, de antemão, que ela será levada ao limite emocional, chegando a não sair da cama se isolando de todos. Ao longo do livro, a autora vai mostrando o quanto é importante nesses momentos o apoio da família e dos amigos. O legal é que ela tem, mas em vez disso ela não ouve os conselhos! 
“... Você aprendeu uma importante lição. O coração das pessoas não é lugar para visitações passageiras, sem compromisso, mas espaço para se construir ou plantar algo bom.”

Bem, considerando o fato de que o Andrew tomou uma decisão que mudou o curso da sua vida, mesmo assim se eu tivesse que descrevê-lo, ainda eu diria que ele é o cara, apesar de tudo ainda me faz perder o fôlego. Ele sempre foi um rapaz honrado, carinhoso e protetor. Claro que demorou um pouco para eu entender,tinha sentimentos contraditórios 
enquanto a leitura fluía. Na verdade, a vontade que tinha era sacudi-lo gritando: "Como você pode tomar esta decisão? Ela é a garota da sua vida. Ela te ama. Ela precisa de você!" E por aí vai. 

Além do casal principal Helen e Andrew, prepare-se para conhecer outros personagens interessantes como o Richard e Alan. Oh, como eu amo esses rapazes!
Eles têm participação especial dentro da história, tenho certeza que vão sentir um carinho muito especial por eles. Pelo menos eu senti, especialmente depois de terem impedido a Helen de cometer uma loucura com o tal do Álex. Ele é meio chatinho, um verdadeiro chiclete, mas me surpreendeu, viu! Foi uma coisa boa, provou que não era um canalha como eu pensava, mesmo assim não estou tranqüila, ainda acho que futuramente ele vai dar muita dor de cabeça, principalmente para o Andrew. Ou será que estou enganada? Consultar a autora (risos)!

Ah! a decisão inesperada de Andrew foi inútil e que na verdade ele e a Helen estão destinados a viver juntos "até quando Deus permitir". Eu questionei muito sobre a atitude dele... mas enfim fui capaz de entender. E ao longo da leitura ele só me deu provas para gostar ainda mais dele,só espero que futuramente tenha cuidado para não agir de forma infantil e egoísta.

“Sempre soube do amor que sentia por Andrew, era tão forte que aqueles instantes ainda não pareciam reais. Uma suavidade nos envolvia, com a sutileza de um desejo guardado e cuidado pelos nossos sentimentos de dedicação um pelo outro. Desejei todo o bem que pudesse imaginar para ele.”

Assim, a razão pela qual eu gostei deste livro - além do óbvio, ou seja, o romance. Temos um casal vivendo um drama com pitadas de muita emoção e uma quantidade razoável de ciúme para enfim chegarem à conclusão de que é importante não perder a fé, tomar muito cuidado com o orgulho, pois nem sempre temos uma segunda oportunidade.

Eu definitivamente recomendo a todos, pois essa história te prende. Não poderia ter sido diferente, fiquei com gostinho de quero mais, só espero que o lançamento do próximo não demore. 
Não posso esquecer-me de elogiar a capa maravilhosa e falar que a Adriana Brazil tem uma escrita fascinante, proporcionando uma leitura prazerosa!  Obrigada também por citar o meu nome nos agradecimentos, não sabia e foi uma grande surpresa!

Contato da autora: 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...