O Cavaleiro e a Dama - Anne Gracie (@maratonadebanca)


Título Original: TALLIE’S KNIGHT
Editora: Harlequin 


SINOPSE  

Thalia Robinson é uma órfã desamparada que cuida dos três filhos pequenos de sua prima Laetitia em troca de casa e comida. Mas sua vida toma outros rumos quando ela conhece Magnus, o Lorde d´Arenville. Magnus deseja ter uma família. Por isso pede para Laetitia apresentá-lo a debutantes que estivessem a altura de ser sua esposa, e principalmente, mãe de seus filhos e dona de seu coração. As coisas, porém, não acontecem de acordo com os planos da anfitriã. O Lorde ignora todas as convidadas, e, impressionado pelo modo amoroso com que Tellie cuida dos filhos da prima, decide que ela é a única mulher com quem realmente deseja se casar...

Olá, queridos leitores!

Eu estava muito animada e curiosa com esse livro que escolhi para Maratona de banca 2013. Confiram:



Magnus, conde de d'Arenville descobriu que todas as candidatas ao posto de condessa são mimadas e insignificantes quando ele as compara com Thalia, a babá dos filhos da prima. Pego completamente de surpresa, ele se vê interessado em pedir a mão de moça em casamento

Thalia Robinsonse espanta quando soube que o motivo dos mexericos, era que Magnus a tinha escolhido, uma simples serviçal entre tantas jovens de boa linhagem. A grande questão é que não agradou a jovem, mesmo sem frequentar a alta sociedade tinha esperança de que algum dia fosse encontrar um grande amor. Ela era feliz vivendo no campo, mas se sentia livre somente quando Laetitia estava distante. Muito responsável e amorosa cuidava dos filhos de Laetitia como se fossem, por isso, sofreu um duro golpe quando foi expulsa da propriedade.

Magnus é aquele tipo de mocinho turrão que cresceu sem carinho dos pais, por isso, não acreditava no amor. Já Thalia é muito cativante, quando necessário se mostrou determinada colocando suas necessidades em primeiro lugar. Ela sabia que com esse casamento poderia almejar uma vida melhor, por isso, após alguns mal-entendidos que foram esclarecidos, finalmente aceitou o pedido de casamento.

Conforme a história avança há um desenvolvimento das personagens. Thalia começa a sair da sua concha assim que se torna a condessa de d'Arenville. É a partir daí, eles embarcam numa viagem nupcial, primeiro por Paris e, depois para a Itália aonde vão se deparar com uma série de equívocos. E ao longo do caminho Thalia se apaixona perdidamente pelo marido de uma forma que ela nunca imaginou que estaria. Enquanto isso, ele se comporta de uma forma bastante fria e distante. Apesar de que já se sabe exatamente o que aconteceria no final, Magnus é aquele tipo de mocinho que vai conquistando aos poucos, começa irritando, mas quando você menos espera te surpreende.

No começo, ele rejeitou seus sentimentos pela esposa, mas a essa altura era tarde demais, já estava apaixonando. Thalia é a típica moçoila dos romances de época, é forte, amorosa e extremamente carinhosa. Aceitou um casamento de conveniência, mas ela queria uma relação baseada no amor. Em nenhum momento chegou a ser chata ou enfadonha e á medida que avança, a química e atração entre eles era difícil para qualquer um deles  negar. Eles descobrem que suas vidas são semelhantes em muitos aspectos, e com os altos e baixos de um casamento de conveniência eles logo percebem que dar uma chance ao outro pode valer a pena o risco.
A autora Anne Gracie tem um estilo de escrita encantadora, mas confesso que escolhi este livro por causa da capa, achei-a linda, então resolvi dar uma chance. Adorei algumas das cenas de amor que são muito sensuais. É boa a história, vale à pena ler.


Obrigado por terem enriquecido este dia com a sua presença!Não esqueça, deixe o link do seu blog que retribuo a visita. Pois é dando, que se recebe  \o/ 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...