Amor em pecado, da Michelle Willingham


Título: To sin with a viking
Autora:  Michelle Willingham
Editora: Harlequin
Páginas: 284
Sinopse: Skoob
Onde Comprar: Loja  Harlequin


 Pelo amor de um homem, ela enfrentaria a lei! 
Caragh Ó Brannon luta bravamente quando o inimigo aporta, defendendo a si e a sua família. Agora, ela se vê sozinha com um viking muito bravo... Styr Hardrata navegou até a Irlanda buscando um recomeço, mas nunca imaginou que acabaria prisioneiro de uma bela dama. O guerreiro atraente e poderoso assusta Caragh ao mesmo tempo em que a atrai. Apesar de ter se apaixonado pelo inimigo, ela deveria se afastar dele, pois... é casado. Contudo, por mais que tentem, eles não conseguem ignorar seus sentimentos... e o desejo!.

"Amor não tem nada  a ver com casamento. Eu devo a ela  minha proteção e pretendo encontrá-la."


Bom, o livro resenhado de hoje será Amor em Pecado, da autora Michelle Willingham, publicado recentemente pela editora Harlequin. Posso dizer que essa leitura, foi uma surpresa e mexeu muito comigo. Já sabe o que é? O mocinho é casado.

Styr empenhado em começar uma nova vida decidiu partir de Hordafylke para Éire e quem sabe chegando lá conquistar o “amor” que ele e esposa um dia compartilharam, pelo menos é isso que que ele pensa. Até o momento sem filhos, acabaram se distanciando, mas agora Styr queria salvar seu casamento, mas algo aconteceu apos encontrar Caragh Ó Brannon.

Styr Hardrata assistiu com horror seu navio, tripulação e esposa serem capturados e levados para alto mar. Depois disso, ele se vê em uma enrascada, ficou na ilha como prisioneiro. A história é toda ambientada numa Irlanda medieval 875 d.C. e que boa parte do livro quem dita as regras é a mocinha. Bom demais e diferente, né?

A convivência com Styr faz Caragh mais que um prisioneiro, e tudo veio a piorar quando um sentimento floresce enquanto Styr se oferece para ajudá-la a encontrar comida. Caragh é um verdadeiro exemplo de superação, uma mulher forte e lutadora. Isso se nota à medida que o livro vai avançado. Styr é um guerreiro feroz, rude, mas há momentos em que ele era carinhoso. Achei tão fofo, a maneira que eles aprofundam a relação e aprendem mais sobre si.

Então, um homem comprometido pode sim se apaixonar por outra, eu acho que simplesmente acontece, viver um casamento sem amor, ninguém merece! Mas, e traição? Não tolero ela de jeito nenhum. Então fiquei um pouco resistente, mas de repente a cada página que passava mais e mais ficava na torcida para eles ficarem juntos. Era prazeroso ver as mudanças dos sentimentos dele em relação à Caragh. O casal tem uma química, o desejo que os dois sentiam era intenso e arrebatador, prepare-se, pois tem muita tensão sexual até chegar a hora das faíscas voarem!

Eu recomendo a leitura de Amor em Pecado. Impossível ler e não se apaixonar pelo enredo que prende com sua narrativa fluída e os personagens são encantadores, ate os secundários nos conquistam.

Mais detalhes sobre outros lançamentos da editora, acesse: 

Obrigado por terem enriquecido este dia com a sua presença!Não esqueça, deixe o link do seu blog que retribuo a visita. Pois é dando, que se recebe  \o/ 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...