Lançamentos de Novembro @editoraarqueiro

Olá, Apaixonados!

Todo mês é aquele desespero se iremos conseguir comprar todos os livros publicados, não é? Hoje vim compartilhar com vocês os lançamentos da Editora Arqueiro nesse mês de NOVEMBRO, alguns já estão nas livrarias para vocês!

Loretta Chase é autora de O príncipe dos canalhas, ganhador do prêmio RITA de Melhor Romance Histórico.

“O embate cativante e hilário entre uma mulher determinada a manter o corpo e o coração a salvo e um homem igualmente
disposto a conquistá-los.”– Amazon

“Esta é a marca registrada de Loretta Chase: humor, sagacidade, química sexual deliciosa e personagens fascinantes.”– HeroesAndHeartbreakers.com


O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.
Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insen- satos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.
Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


Sobre a autora:
Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a incentivou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive dois RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, um deles por O príncipe dos canalhas, também publicado pela Arqueiro.

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as surpresas que a vida nos reserva.


Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre.
Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.
Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela
está.
Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?



Sobre a autora:
Mia Sheridan começou a escrever na tentativa de superar a dor da perda da filha. Publicou seu primeiro livro on-line e, em cerca de uma semana, ele chegou à lista de mais vendidos. Desde então, ela não parou de escrever e se tornou uma autora apaixonada por tecer histórias de amor sobre pessoas destinadas a ficarem juntas.
Seu jeito vívido de escrever conquistou o público e a levou ao topo das listas dos prestigiosos USA Today, The Wall Street Journal e The New York Times. Mia mora em Cincinnati, Ohio, com o marido e os quatro filhos.

33 semanas consecutivas na lista de mais vendidos do The New York Times.

“Neste épico passado na França da Segunda Guerra, duas irmãs se afastam por discordarem sobre a ameaça de ocupação nazista. Com temperamentos e princípios divergentes, cada uma delas precisa encontrar o próprio caminho e enfrentar questões morais e escolhas de vida ou morte.” – Christina Baker Kline, autora de O trem dos órfãos


França, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o fronte. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes.
Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo. De repente, todos os seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colaborar com os invasores para manter sua família viva.
Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros e libertar seu país.
Seguindo a trajetória dessas duas grandes mulheres e revelando um lado esquecido da História, O Rouxinol é uma narrativa sensível que celebra o espírito humano e a força das mulheres que travaram batalhas diárias longe do fronte.


Sobre a autora:
Kristin Hannah é autora de mais de 20 livros, que já ultrapassaram 12 milhões de exemplares vendidos no mundo. Ela largou a advocacia para se dedicar à sua grande paixão: escrever. No Brasil, já publicou Quando você voltar e Amigas para sempre (Editora Arqueiro), além de Jardim de inverno, Por toda a eternidade e O lago místico (Novo Conceito). Tem um filho e mora com o marido em Bainbridge Island, no noroeste dos Estados Unidos. O Rouxinol está sendo adaptado para o cinema pela TriStar Pictures.

Lucinda Riley já vendeu mais de 5 milhões de livros.

“Um livro envolvente e fascinante, repleto de glamour e romance.” – Daily Mail

Em A irmã da tempestade, segundo volume da série As Sete Irmãs, as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa história sobre amor, ambição, família, perda e o incrível poder de se reinventar quando o destino destrói todas as suas certezas.
Ally D’Aplièse é uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a notícia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens.
Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado.
Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.


Sobre a autora:
Lucinda Riley nasceu na Irlanda e, durante a infância, viajou muito, sobretudo para o Extremo Oriente, para visitar o pai. Radicada em Londres, foi atriz de teatro, cinema e televisão. Aos 24 anos, publicou seu primeiro livro, baseado em suas experiências com a dramaturgia. Sua paixão pelo tema a levou a escrever vários romances históricos que alcançaram os primeiros lugares das listas de mais vendidos. Atualmente vive entre a costa britânica e o Sul da França com o marido e os quatro filhos.

Nora Roberts já vendeu 500 milhões de livros no mundo.
Último livro da trilogia Primos O’Dwyer.
  
“Quando se trata de romance, ninguém é melhor do que Nora.” – Booklist

“Nora Roberts escreve de uma forma poética que captura sua mente e se aloja no seu coração.” – Fresh Fiction, sobre Bruxa da Noite

Há muitos anos, Branna O’Dwyer entregou seu amor a Finbar Burke. No entanto, o romance durou pouco. Uma maldição ligada ao sangue de suas famílias os proibiu de ficar juntos.
Branna tentou preencher esse vazio com amigos e familiares, mas sabe que, sem Fin, sua vida nunca estará completa. Ele, por sua vez, passou os últimos doze anos viajando pelo mundo, focado exclusivamente no trabalho.
Atormentados pela forte atração que nem a distância pôde aplacar, nenhum dos dois acha que um dia se entregará de novo ao amor. Entretanto, em meio às sombras que ameaçam destruir tudo o que eles consideram mais precioso, esse relacionamento sem futuro pode ser também a última esperança que lhes resta.

Sobre a autora:
Sucesso em todo o mundo, Nora já escreveu mais de 200 livros, publicados em mais de 35 países e traduzidos 25 idiomas. Seus títulos são presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times.
Nora tem mais de 500 milhões de livros vendidos e foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. Também recebeu diversos prêmios, entre eles o Golden Medallion, da Romance Writers of America, o RITA e o Quill. A revista The New Yorker já a chamou de “a romancista favorita dos Estados Unidos”.

As obras de Ken Follett já venderam mais de 150 milhões de exemplares no mundo.

Dividida em dois volumes que não podem ser vendidos separadamente, a obra 0XQGRVHPÀP virá em uma caixa shrinkada.

“Um maravilhoso épico sobre a Inglaterra medieval. Altamente estimulante.” – The Washington Post

Na Inglaterra do século XIV, quatro crianças se esgueiram da multidão que sai da catedral de Kingsbridge e vão para a floresta. Lá, elas presenciam a morte de dois homens. Já adultas, suas vidas se unem numa trama feita de determinação, desejo, cobiça e retaliação. Elas verão a prosperidade e a fome, a peste e a guerra. Apesar disso, viverão sempre à sombra do inexplicável assassinato ocorrido naquele dia fatídico.
Ken Follett encantou milhões de leitores com Os pilares da Terra, um épico magistral e envolvente com drama, guerra, paixão e conflitos familiares sobre a construção de uma catedral na Idade Média. Agora Mundo sem fim leva o leitor à Kingsbridge de dois séculos depois, quando homens, mulheres e crianças da cidade mais uma vez se digladiam com mudanças devastadoras no rumo da História.


Sobre o autor:
Ken Follett irrompeu no cenário da literatura aos 27 anos, com O buraco da agulha, thriller premiado que chegou ao topo das listas de mais vendidos em vários países. Depois de outros sucessos do gênero, surpreendeu a todos com Os pilares da Terra, um romance que até hoje, mais de vinte anos após seu lançamento, continua encantando o público mundo afora.
Suas obras já venderam mais de 150 milhões de exemplares. Seu livro mais recente, Eternidade por um fio, último volume da série “O Século”(composta também por Queda de gigantes e Inverno do mundo), foi direto para a primeira posição das listas de mais vendidos de vários países. No Brasil, além dessa trilogia, a Editora Arqueiro publicou Um lugar chamado liberdade e As espiãs do Dia D.


William P. Young já vendeu mais de 25 milhões de livros no mundo.
O QUE REALMENTE ACONTECEU NO JARDIM DO ÉDEN?


Num suspense emocionante, William P. Young, autor de A cabana (4,5 milhões de exemplares vendidos no Brasil) faz em seu novo livro uma abordagem totalmente nova e inspiradora da história da Criação.
Fruto de mais de 40 anos de pesquisas, fiel aos textos bíblicos originais e com uma narrativa primorosa, Eva apresenta um ponto de vista humano e reconfortante de um dos episódios mais tristes das Escrituras: o momento em que o homem vira a face para Deus e é expulso do Paraíso.
Com sua capacidade única de emocionar e fazer refletir, o autor trata de temas como perda, culpa, perdão e redenção, e cria uma alegoria sobre a importância de nossas escolhas, a verdade de nossas origens e o poder transformador do amor de Deus.

“William P. Young apresenta um romance que irá mexer com a cabeça e o coração dos leitores. O texto é extraordinariamente belo e evoca um novo e sugestivo olhar sobre Deus e a narrativa da Criação. Este livro certamente vai gerar muito interesse – assim como muita controvérsia.” – Publishers Weekly


Sobre o autor:
William Paul Young é autor de A cabana e A travessia. Ele nasceu no Canadá e foi criado pelos pais missionários em uma tribo indígena, nas montanhas da antiga Nova Guiné Holandesa. Sofreu grandes perdas na infância e na adolescência, mas agora goza, juntamente com sua família, do que chama de um “esbanjamento de graça” na região noroeste dos Estados Unidos.William P. Young já vendeu mais de 25 milhões de livros no mundo.

Twitter: @editoraarqueiro Facebook: /Editora.Arqueiro Instagram: /editoraarqueiro www.editoraarqueiro.com.br


Eu já escolhi os meus livros e vocês que acharam dos lançamentos? Não deixem de comentar! 

►TOP COMENTARISTA◄
Dedos cruzados Boa Sorte Dedos cruzados

Comentem e Compartilhem!

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...