Novidades: Blog de cara nova assinado pela agência Woau! Pré-venda: Inocência Lançamento: A toda prova Lançamento: Tensão
4

4 Um Livro inesquecível: Alguém para Amar ^Judith McNaught


Apresento a vocês:.Nathalia Zumstein a "Nana", ela tem um blog "Bellos Romances", façam um visita, tenho certeza que irão gostar ;)

 
Fale um pouco sobre seu blog 




O "Bellos Romances" foi feito depois que notei que estava cheia de livros e desejava compartilhar minha opinião a respeito deles. Assim, criei um blog onde escrevo resenhas e busco ajudar as leitoras que possuem o mesmo amor por romances e que na hora de comprar um livro, faça sem medo. Pois, não tem sensação pior que gastar uma nota em um livro e depois se decepcionar com a história.



 Seu Livro inesquecível:Alguém para Amar
  Autora:Judith McNaught
  Editora Best Seller
 
Sinopse do livro:
 
"Uma bela condessa de dezessete anos só podia estar destinada a brilhar na requintada sociedade de Londres. Mas Elizabeth Cameron era muito diferente das jovens de sua época. Órfã, havia sido criada longe dos salões londrinos e não sabia que ligações afetivas e financeiras frequentemente se entrelaçavam, em sutis arranjos de interesses.

Não por acaso sua festa de debutante resultou num verdadeiro escândalo: era ingénua demais para suspeitar de intrigas, impulsiva e imatura em excesso para lidar com lan Thornton, um homem atraente, no entanto perigosamente hábil nos jogos sociais. Elizabeth apaixonou-se por ele à primeira vista e, da noite para o dia, viu todos os seus sonhos se desmancharem. A paixão que sentia foi transformada em pecado, seu amor tornado impossível.

Judith McNaught descreve com impressionante vigor e emoção o romance tumultuado de Elizabeth e lan, alternando sensualidade, ternura, aventura e humor. Do riso às lágrimas, impossível não compactuar com os personagens inesquecíveis de Alguém para amar, que é, sem dúvida, um irrecusável convite ao sonho."

 Sua resenha:
"Em ""Alguém para amar"", Judith McNaught descreve com impressionante vigor e emoção o romance entre uma condessa, Elizabeth Cameron, e um homem de origem misteriosa, Ian Thorton.
Elizabeth foi criada longe dos salões londrinos e não sabia que ligações afetivas e financeiras freqüentemente se entrelaçam em sutis arranjos de interesses. Era ingênua demais para suspeitar do comportamento de Ian, um homem atraente e perigosamente hábil nos jogos sociais. Mas dessa união nasce um amor permeado de intrigas, escândalos e irrefreável sensualidade.
Se me perguntassem qual é o meu autor favorito, sem hesitar responderia “Judith McNaught”, e se em seguida me perguntassem a respeito do meu livro favorito, novamente eu diria, rapidamente, “Alguém para Amar”. E agora, lhes direi o porquê.
Os livros de Judith McNaught me fascinam completamente. Com um romance extremamente bem escrito e com descrições emocionais tão bem feitas e com tamanha intensidade, é impossível o leitor não se apaixonar pelos casais que essa autora cria com uma habilidade mágica.
Ian e Elizabeth construíram um amor puro e inocente logo no primeiro encontro. Encantados um com o outro, foram consumidos por fortes sensações apenas com um único olhar ou toque, mas as desavenças do destino – com auxilio da inveja alheia - fez com que esse sentimento nobre fosse envenenado pelo ódio e amargura.
Ian é um escocês rústico. Um homem determinado a conquistar fortuna. Dono de uma inteligência aguçada e instintos comerciais inegáveis, ele consegue tornar-se um dos homens mais importantes e ricos da Europa em poucos anos.
Elizabeth é uma condessa falida, onde a única salvação para quitar as dívidas é usar sua estonteante beleza para fisgar um lorde poderoso. Infelizmente, na época em que Ian e Elizabeth se conhecem, suas situações são tão complicadas e distintas que torna impossível a união do casal.
Anos mais tarde, eles se reencontrar por causa de uma carta enviada por engano. O reencontro é explosivo. E são nos poucos dias que o casal descobre que jamais foram capazes de se esquecerem e que o amor ainda estava ali. Fortemente presente em seus corações.
O casamento finalmente acontece. A noite de núpcias é maravilhosa. E quando tudo parecia ir bem – mesmo tendo a sombra de certos segredos pairando sobre eles – Elizabeth e Ian tornam-se novamente inimigos no amor. Mas, diferente da outra vez, Elizabeth enfrentará a raiva do amado e o fará perceber que não há como se livrar de um verdadeiro amor."

Qual a frase mais bonita /inteligente ou marcante do livro ?
 
— Escute-me com atenção, meu querido, pois vou lhe dar um aviso bem claro de que não permitirei que faça isso conosco. Você me deu seu amor, e eu não vou deixar que o tome de volta. Por mais que você tente, mais força eu terei para lutar. Vou assombrar seus sonhos à noite, exatamente como você fez com os meus, em todas as noites em que ficamos separados. Vai permanecer longas horas acordado, desejando-me ao seu lado, e sabendo que eu também estarei ansiando por você. E quando não puder mais suportar... — prometeu, dolorosamente —, então voltará para mim, e eu estarei à sua espera. Vou chorar em seus braços e lhe dizer o quanto lamento todo o mal que lhe causei, e você me ajudará a encontrar uma maneira de perdoar a mim mesma...
 
Obrigada Nathalia por sua participação no blog!
Se você deseja participar desta coluna,saiba como Aqui


4 comentários:

  1. Aaaahhhhh, olha eu aíii gente *-*
    Adorei participar, Lulu.
    Beijããããão!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Romances são sempre bons né,eu adorooo
    E o blog da Nathalia é uma graça!

    Adoro seu blob parceira!bjão


    Ana-upbreak

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida é um livro inesquecível! Lindo, emocionante, apaixonante do começo ao fim!

    Adorei sua resenha, Nana!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Puxa, adorei a frase...a resenha, ai gostaria de um dia de 72 para poder ler todos os livros rs.

    Bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...