Um Livro inesquecível: qual o seu Ana Carla ?

Olá pessoal!


Fiquei um pouco desligada devido a minha conjutivite e me atrasei uns dias com as minhas postagens.
Agradeço a todos que deixaram  recadinhos no blog e me enviaram  e-mail. MUITO OBRIGADA! ^^

Hoje quem está participando da colunna é a Ana Carla. Para conhecê-la melhor faça uma visita e prestigiando o seu blog historias-semfim.
Mais é claro, que antes vão saber qual é o seu livro inesquecível aqui e deixar seu comentário.


  • Bom, o meu blog é um mistura, kkkkkkk. Tem um pouco de tudo aquilo que eu gosto, livros, séries, filmes...Estou començando com ele, sabe, então ele está amadurecendo, kkk.
    O importante que tudo que eu faço é com carinho, e me preocupo como trabalho que estou fazendo.
    Como é algo do coração, trato com carinho.
  • Seu Livro inesquecível:
    No momento, é o livro Fora da Lei que conta a história de Robin Hood. Como é uma figura que sempre tive curiosidade em conhecer, comecei a ler o livro. E adorei.
  • Angus Donald da Editora Record
  •  Após ser pego roubando no mercado de Nottingham, o jovem Alan Dale se vê obrigado a deixar sua família para viver sob a proteção dos notórios fora da lei da Floresta de Sherwood. O líder do grupo é o infame Robin Hood, que surge na trama como um guerreiro forte e sedento de sangue, capaz de despertar, ao mesmo tempo, medo e admiração entre seus rivais e vítimas.
    Em pouco tempo, Robin torna-se o mentor de Alan e, ao lado de seus companheiros, o ensina a lutar -- e a vencer. Mas o Senhor da Floresta é um homem impiedoso, e, ao perceber isso, Alan passa a questioná-lo e a temer que seu protetor se torne seu assassino. Lealdade, poder, vingança e fé estão em jogo neste suspense onde o herói também pode ser vilão.
    De batalhas sangrentas e perseguições alucinantes a banquetes dignos da nobreza, Fora da lei é uma história de ação que mergulha fundo na fascinante lenda de Robin Hood.

  • Este foi um dos livros em que fiquei dividida entre amor e ódio. Em momentos fiquei com ódio e queria parar, em outros o amor superava e continuava a leitura.

    Comprei este livro logo após ter assistido o filme Robin Hood estrelado por Russell Crowe, e foi um dos momentos "compre primeiro, pense depois". Quando comprei, pensei que estaria lendo a história contada por Robin Hood, mas não. Quem conta a história é o jovem Alan Dale. Por causa disso, acabei demorando um pouco mais para ler o livro, já que eu queria que a história fosse contada por Robin.

    Somente agora eu tive a oportunidade de ler o livro, e me apaixonei pela história. A história é contada pelo jovem Alan, que aprendeu desde cedo à ser um ladrão. Ele e sua mãe, viviam num pequeno vilarejo, e as condições dos dois era péssima, por causa disso, Alan começou a roubar para não morrer de fome.

    Um dia, em um dos furtos, o inesperado aconteceu e ele foi descoberto, e se não fosse enforcado teria sua mão cortada. Em desespero e sem saída, sua mãe o entrega para viver sob proteção dos fora da lei da Floresta de Sherwood, e Alan jurou lealdade absoluta e se tornou servo de Robin Hood.

    Na história, Robin tem pouco mais de 20 anos, mas é respeitado por todos, e muitas pessoas esperavam que o fora da lei passasse nos vilarejos para lhe pedirem proteção. Na medida do possível, Robin ajudava a todos, dando proteção, comida, até mesmo um lugar para morar.

    Alan é treinado para ser um guerreiro, um ladrão e um assassino. Mas Robin também o ensina a ser nobre, e Alan aprende canto e boas maneiras.

    Conhecemos outros personagens no decorrer da história como o fiel amigo João Pequeno, Frei Tuck, e o irmão intelectual Hugh e muitos outros fora da lei, homens simples que foram obrigados a viver na ilegalidade para fugir da tirania do governo.

    Conhecemos a adorável Marian, e entendemos um pouco do amor entre Robin e essa admirável mulher. Quando somos apresentados ao romance do casal, não pude deixar de lembrar do filme O Príncipe dos Ladrões, estrelado por Kevin Costner. Sempre amei esse filme, principalmente pela delicadeza do romance do casal, como Robin sacrifica a própria segurança para salvar a bela Marian do terrível Xerife de Nottingham.

    Conhecemos um Robin diferente. Ele se esconde na floresta... respeitado entre os plebeus. Com seu bando de soldados fiéis ele rouba dos ricos e oferece proteção aos pobres, àqueles que obedecem ao seu comando e lhe juram fidelidade. Aquele que desobedecer, são mortos, mutilados. Ficamos em dúvida se ele é um guerreiro justo, um ladrão ou um assassino sanguinário? Mas no decorrer das páginas, vamos entendo o porque de Robin ser assim.

    O que para mim tornou o livro um pouco cansativo, foi que ele é muito descritivo, e como é contado por Alan, demoramos a conhecer Robin, e essas foram as partes que mais me deixaram com ódio do livro, pois eu queria ver mais sobre o Senhor da Floresta.

    O livro é repleto de ação, de batalhas, somos confrontados com a verdade de como viviam as pessoas naquela época, e percebemos que aquele período nem sempre foi bonito. Conhecemos o pior lado do ser humano, mas também conhecemos a lealdade, o amor, a amizade. Podemos conhecer uma versão mais sombria e realista da vida de Robin, bem descrita pelo autor, com detalhes minuciosos das batalhas, dos golpes, o sangue derramado e os membros mutilados.

    Conhecemos a história de Alan, e vemos sua transformação de um garoto pobre, esfomeado e ladrão, para um guerreiro, assassino, inteligente respeitado por todos. Vemos as vitórias e derrotas de Robin, suas decisões justas e outras bem polêmicas e sentimos na pele as injustiças sofridas pelo povo.

    O livro é o primeiro de uma série, mas ele tem um final.

    Estou aguardando o próximo livro, pois quero conhecer mais deste belíssimo personagem que é o Robin Hood.
  •   "-- Não me julgue Alan, até saber o fardo que carrego. E, mesmo quando souber, não julgue nenhum homem, a menos que você mesmo seja julgado. "
Obrigada Ana por abrilhantar a coluna " Um livro inesquecivél" com a sua participação *___*.

10 comentários :

  1. Seja bem vinda Lulu!!!
    Espero que estejas bem melhor.

    Gostei do livro da Ana Carla. Uma opção diferente dos modismos atuais e uma história que sempre me fascinou. Já assisti várias versões no cinema mas nunca li um livro sobre Robin Hood, agora fiquei com vontade.
    Bjkas!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  2. post beeem legal! E ainda me dá a chance de conhecer outra blogueira e outro blog *-*

    ;*

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu!!!
    Não some assim não!!! Estou com saudades!!!
    Volta logo. Please!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. OIiii só pelo título do blog já me tornei a sua seguidora, me chamo Caroline sou formada em leras, adoro artesanos e foi a partir dai que achei o seu blog, amo romances sempre estou lendo algo no momento estou lendo Memórias de uma Gueixa, bom o meu blog é http://carolartesanatosecia.blogspot.com/
    a pesar de não ter nada sobre livros!

    Abraços
    Carol

    ResponderExcluir
  5. Oi flor! Obrigado pela visita! Eu faço marcador de livros também. Fiz tres ou quatro modelos ate hj usando E.V.A
    No que vc pensou? é algo específico? Deixa seu email pra gente conversar! bj

    ResponderExcluir
  6. Olá! Gostei muito da resenha, me pareceu sincera e fiquei muito curiosa para conhecer essa versão da história. :)

    Beijos, Ju

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lu!

    Muito obrigado pela oportunidade linda!

    Muito obrigada!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ah, vou visitar o blog da Ana
    pois achei ela uma fofa
    Mas não conhecia esse livro q ela tanto gosta
    E a entrevista esta de parabens
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu adorei Carla e Lulu!
    Esse post sempre me deixa bem feliz, saber os destaques das amigas é ótimo!

    Ainda não tive o prazer de ler esse livro, mas o filme adorei!
    Sempre gostei dos fora da lei! kkkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...