Ligeiramente Casados Os Bedwyns - Mary Balogh @editoraarqueiro



Título:  Slightly Married-  Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Páginas: 285
Sinopse no: skoob -  Onde comprar

 «...O que é o amor além de um termo abstrato que não pode sequer ser definido senão em ações?» 

Olá, Apaixonados!

“Ligeiramente Casados” é o primeiro volume da série os Bedwyns, da Mary Balogh publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Neste livro a autora nos apresenta um romance ambientado na Inglaterra 1814, período em que todos estavam comemorando a vitória sobre Napoleão Bonaparte. Comecei a leitura com grande expectativa e logo nas primeiras páginas me vi completamente rendida aos Bedwyns, uma família constituída por irmãos e irmãs orgulhosos, corajosos e fiéis.

Vamos conhecer a história de Aidan Bedwyn, o segundo na linha de sucessão do titulo Bewcastle. No início, estranhei um pouco seu jeito de ser imponente e de aparência austera, mas compreendo que sua personalidade esteja relacionada com a maneira como fora criando, e os anos no exército. Ele não expressava seus sentimentos, cheguei até pensar que não conheceria melhor os seus sentimentos, medos, mas ele tem sim seu lado doce.

Eva, por sua vez, era uma mulher simples, com uma determinação inabalável para proteger aqueles que lhe são importantes, além é claro com tendência a ajudar os necessitados. Ela não era de uma família nobre e sim filha de um mineiro galês que enriqueceu ao se casar com herdeira de um dono de mina. Ao contrário das outras moças, vivia em sua casa, Ringwood Manor, com pessoas que não era sua família, mas que dependiam da sua generosidade.

Gostei da forma como a autora desenvolveu a personalidade dos personagens. Duas pessoas que são muitíssimo diferentes, e devido a uma promessa feita no leito de morte serão colocados à prova, sem saída elaboraram um acordo mutuamente satisfatório para os dois e uma vez que eles já estão casados e Eve não é propriamente inocente não há nada de errado em consumar a união. O que eles não imaginavam, contudo é era partir de Ringwood Manor para Londres para informar ao irmão de Aidan, o Duque de Bewcastle as circunstancias do casamento.

No dia-a-dia, ao se conhecerem mutuamente, pouco a pouco é possível sentir a tensão palpável que vai surgindo entre os dois, até culminar no momento em que logo se vêem completamente apaixonados um pelo outro. Contudo, ambos têm um temperamento forte que gera discussões algumas até muito divertidas. E à medida que o tempo passa a separação é a última coisa que eles têm em mente...

Apesar de ser bastante previsível ambos vão protagonizar uma história imensamente romântica, repleta de conquista e sedução. É agradável acompanhar a evolução dos sentimentos de Aidan e Eve, algo que foi muitíssimo bem explorado. Fui completamente surpreendida (de um jeito bom) pela escrita da Mary Balogh, ela sabe mesmo escrever uma história romântica, doce, terna e delicada levando o leitor a sentir uma imensa empatia pelos seus personagens o suficiente para mais tarde recordar da história deles. Nem preciso elogiar a capa, ela é lindíssima!
Obrigada a Editora Arqueiro, por ter cedido o exemplar ao blog.

Top Comentarista DEZEMBRO


Obrigado por terem enriquecido este dia com a sua presença!Não esqueça, deixe o link do seu blog que retribuo a visita. \o/ 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...