«RESENHA» Os príncipes encantados também viram sapo, de Megan Maxwell @Suma_BR



Titulo: Los príncipes azules también destiñen
Autora: Megan Maxwell
Editora: Suma de Letras
Páginas: 374
ISBN: 9788581052892
Sinopse: Aqui/ Recomendo a compra no Amazon



Se tem uma coisa que realmente me incomoda é abandonar um livro. Infelizmente o primeiro livro da trilogia Peça-me o que quiser da Megan Maxwell envolvendo ménage à trois não me agradou.
Estou feliz por ter dado uma chance ao livro Os Príncipes encantados Também Viram Sapos. Ambientado na Califórnia (em primeiro lugar), Nova York e Oahu no (Havaí), Temos um enredo original, com um romance intenso, irresistível e personagens apaixonantes.

A história inicia em 22 de maio de 1995 na Califórnia quando os caminhos de um surfista e uma rica estudante de Nova York se cruzam e se apaixonam loucamente. Não demora muito para que o garoto de Oahu, completamente apaixonado, deixe sua ilha e siga sua amada. Anos depois eles eram a imagem de um casal feliz e bem-sucedido profissionalmente, com duas lindas filhas adolescentes.

Kate Dallet tornou-se uma advogada implacável, a melhor na sua área. Ela é aquele tipo de mulher determinada e dono de si mesmo. Por um tempo se perdeu como pessoa, e por um triz não se afastou do marido e das filhas, mas aparentemente estava tudo bem.
Sam Talabuki também era advogado com a alma de um surfista, mas por amor a Kate mudou seu estilo de vida para viver na cidade de Nova York. Ele é um marido sensível, romântico, atencioso e cavalheiro.
Até que ele fez algo quase imperdoável, e Kate estava em uma posição muito difícil. A vida dela não seria a mesma. Muito menos, a de Sam. Ela tem todos os motivos para se sentir magoada, mas ao logo da leitura descobrimos um fato que nos faz questionar todas as suas atitudes. É difícil para ela entender que a vida é feita de erros, acertos, chances, amor e perdão.

Algo que torna o livro ainda mais interessante é o fato de que nós não só acompanhamos a história de amor de Sam e Kate, mas também de Terry e Michael. Sem dúvida, a família e os amigos se destacam. Terry é extrovertida, impulsiva, ela é irmã da Kate. O Michael era como se fosse um irmão para o Sam, sempre muito prestativo, seu único defeito era o pavor a compromisso. Esses dois estavam sempre alfinetando um ao outro, e não assumiam a forte atração que sentiam um pelo outro, era uma verdadeira bomba-relógio. Temos também as filhas de Kate e Sam – duas – Cat a mais velha, porém meio infantil e mal-humorado, quanto a Ollie é inteligente e conciliatória.

A capa, fonte e diagramação ficaram bem bonitas! Eu gostei muito da história que aborda questões delicadas, que tende a criar polêmica e das cenas sensuais, porém a autora pecou um pouco por exagerar nas atitudes da Kate arrastando assim por demais a história e a leitura fica um pouco cansativa, sabe?


Facebook: Suma de Letras Brasil:  Suma Romance:  Stephen King – Suma de Letras:
Twitter: @Suma_BR
Instagram: @Sumadeletras_BR ||@Editora_Objetiva
Que tal conhecer um pouco mais sobre a editora? Confira: www.objetiva.com.br.

►TOP COMENTARISTA◄ 

Dedos cruzados Boa Sorte Dedos cruzados

Comentem e Compartilhem!

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...