Resenha: O Par Perfeito, de Shirlei Ramos


Título:O Par Perfeito
Edição: 1 /Ano:2016 /Páginas: 519
Gênero: Romance
Revisão: Evelyn Santana
Editora:Coerência
ISBN:978-85-92572-13-6
Onde Comprar: Amazon/Saraiva
Avaliação: 💓💓💓💓

Esse é o primeiro livro da autora  Shirlei Ramos que leio, sempre ouvir falar muito bem sobre seus livros pela minha amiga Carla Fernanda. Nem preciso dizer que fiquei encantada com a sua escrita e me apaixonei pela história de O Par Perfeito.

Narrado em primeira pessoa, neste livro conhecemos Elise Aguilera, uma jovem que poderia estar no mesmo patamar que a Top model Gisele Bündchen. Ela era linda, capaz de atrair a atenção de qualquer homem e a inveja de todas as mulheres. Mas como muitas garotas que tem por aí, não conseguiu sentir nada além de decepção com o falso e mesquinho universo fashion.

Elise chegou aos 26 anos sem perspectivas de futuro e sem projetos. Não concluiu um curso universitário, conseguiu um emprego como modelo em eventos e tem com uma condição financeira complicada por ser consumista (viciada em livros de romances e bolsas). 

As atitudes dela no começo podem deixar o leitor chateado, porque primeiro vi imaturidade e comodismo, mas depois vi que ela acaba por cativar o leitor por ser sensível e sonhadora. Até certo ponto consegui identificar-me com ela. Quem nessa vida já não passou por fases assim, não é?

Nossa protagonista é uma mulher que acredita no amor, o problema é que vive escolhendo o cara errado. Quando seu último namorado termina o namoro é chegada à hora de repensar suas escolhas. Então, acatando a sugestão da irmã mais velha que sempre está no controle de tudo o melhor é se envolver com o Roberto. Acontece que o destino prega peças e de uma forma nada convencional e encarrega-se de por outro homem no caminho de Elise.

Uma noite Elise é flagrada escutando uma briga entre um casal em um supermercado. Sensibilizada com a situação, impulsivamente decide que aquele homem precisava de uns toques para deixar de ser insensível e reconquistar a mulher que saiu chorando. Então propõe que ele conheça e siga os 10 passos práticos para se tornar o Shr. Perfeito

No primeiro momento, sentimos raiva de Gael Faustini, pela forma grosseira e insensível com que ele trata à namorada. Pensamos que o cara é avesso a compromissos, mas quando chegamos aos trechos em que ele conta a Elise o seu lado da história, vemos que o nosso julgamento foi precipitado.
O segundo encontro do casal acontece de forma despretensiosa, em um evento e aos poucos vão descobrindo que tem mais em comum do que imaginavam. Como era de se esperar, eles começam um simples flerte, que vai crescendo e se transformando numa atração enorme e que não dá mais para ser ignorada. 

O romance se desenvolve de forma gradativa, aos poucos, nada forçada. Sabe bem o que quer em sua vida, está sempre no controle de suas emoções. O que ninguém sabe é que esse homem viciado em trabalho enfrentou inúmeras dificuldades em sua vida e guarda traumas que marcaram sua infância. Gael é o par perfeito: bonito, sedutor e bem-sucedido, o homem que toda mulher como a Elise deseja encontrar. Que atire a primeira pedra à mulher que nunca sonhou em encontrar seu príncipe homem perfeito ou ainda sonha, não é?

Ao longo da leitura acompanhando o amadurecimento de Elise. No final vemos o quanto ela evolui, pois toma a corajosa atitude de dar uma guinada na sua vida profissional, o que a faz evoluir de uma pessoa resignada para uma mulher decidida sem abandonar a personalidade sonhadora.
Shirlei Ramos conseguiu expressar da melhor forma possível os sentimentos de Elise. É como se o leitor pudesse ocupar seu lugar e entender seus desejos e sonhos, sabem? Gostei demais desse toque da autora e como ela conseguiu transmitir esses sentimentos para o leitor. 

O Par Perfeito tem uma história leve, divertida, romântica mas que também aborda de maneira sensível alguns temas complexos. Por isso, adorei lê-lo! Com personagens secundários: alguns irritantes e outros pelos quais me apaixonei. Mas quem rouba a cena certamente é Sassa uma garotinha fofa e inteligente (sobrinha da Elise)! 
A capa do livro é muito bonita e traduz perfeitamente a história. Fonte com tamanho confortável para leitura, e a diagramação da Editora foi feita com zelo, o que tenho certeza que irá agradar aos leitores. Não encontrei erros de revisão, só falhas mesmo de gráfica (o livro descolou).


Sei que estou meio ausente quanto a postagem de resenhas aqui no blog, mas prometo que agora tentarei ser mais presente.

Obrigada pela sua visita! Comentários são sempre bem-vindos!
Caso tenha um blog, deixe o link  para que possamos retribuir a visita! 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...