Resenha| Big Rock, da Lauren Blakely


Título Original: Big Rock
Autora: Lauren Blakely
Tradutor:Fabio Alberti
Editora: Faro Editorial
Páginas: 224
ISBN-13:  978-8562409943
Ano:2017
Saiba mais: Skoob Comprar: Saraiva // Amazon




O livro em uma palavra: divertido

Spencer vive na cidade de Nova York e está feliz com a vida bem-sucedida. Após concluir a faculdade, ele criou um aplicativo de namoro que lhe rendeu muito dinheiro. Isso permitiu que ele seguisse seu verdadeiro sonho com sua melhor amiga Charlotte - abrir um bar - eles já têm três unidades do The Lucky Spot na cidade.

Spencer faz muito sucesso com as mulheres. Ele é devastadoramente bonito, charmoso e confiante- não se prende a relacionamentos, vive um dia de cada vez. Uma noite apenas é o suficiente, e mesmo assim era um exemplo de cavalheirismo. Charlotte é uma mulher  independente, bem-sucedida, linda e que descobriu da pior forma possível uma traição, o mundo dela desmoronou. Mas ela não era mulher de sofrer por quem claramente não a merece.

O patriarca da família Holiday deseja se aposentar e, como nenhum dos filhos tem interesse em seguir no ramo de joias, decidiu vender a empresa. No meio da transação comercial, ele descobriu que o empresário interessado era um homem conservador, então ele precisava apresentar a sua "família tradicional". Mas como? Se Spencer era rotulado como o playboy mais famoso de Nova York. Então para ajudar o pai a fechar o negócio, meio sem pensar ele disse que estava comprometido. Para isso, pediu ajuda para sua melhor amiga e sócia nos negócios, Charlotte, fingir ser sua noiva e juntos por uma semana ser o casal mais feliz do mundo.

Fingir estar apaixonado não deve ser um problema para Spencer e Charlotte. Não é a primeira vez que eles fizeram isso e eles sabem tudo sobre o outro. Apesar do choque inicial, Charlotte  concorda porque ela tem seus próprios motivos.
A partir desse ponto o destino começa a trabalhar sozinho. Tentando ajudar o pai e tentando esconder a forte atração por Charlotte, Spencer estava definitivamente em apuros.

Os personagens secundários em destaque também me conquistaram, a peculiar Harper, irmã de Spencer, com seu humor sarcástico. O doce Nick Hammer, como não se apaixonar por alguém tão fofo? E o pai do Spencer que sempre sabia o que dizer nas horas mais difíceis, estava sempre pronto para ajudar.

Aqui, a narrativa em primeira pessoa na perspectiva do Spencer  proporciona ao leitor compreender e acompanhar seus pensamentos que arrancaram muitas risadas durante a leitura. Ele me conquistou completamente! 
Há cenas de sexo bem quentes, mas nada exagerado que chega a enjoar... Há uma história de amizade e companheirismo e, acima de tudo, a autora nos mostra que o amor nem sempre acontece do jeito que queremos, ou idealizamos.

De modo geral, Big Rock é um livro com situações para lá de inusitadas, que nos diverte e descontrai. Tem uma história que consegue reunir diversão e romance tornando-se uma leitura agradável. Apesar de sentir um pouco de estranheza na escrita e o livro não me ter marcado tanto quanto eu esperava, eu gostei do livro.

Por fim, não podia deixar falar da capa linda, a diagramação interna perfeita do livro. Sabe quando você compra um livro impresso e pensa: “Cara, que papel de qualidade inferior!”. Pois bem, amiguinhos, com a “Faro Editorial”, o leitor não tem essa decepção, aqui é 100% de qualidade. Parabéns!!

"Quando você percebe que não consegue mais passar um dia sem ter a mulher que você adora ao seu lado, é preciso torná-la sua, não importa que estejam namorando há poucas semanas ou se faz anos que está apaixonado por ela..."

Adoraria saber se já leram ou pretendem ler o livro! Se sim ou se não, comentem, todos os comentários serão bem-vindos.

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...