A Cidade do Sol - Khaled Hosseini


Título: A Cidade do Sol
Autor: Khaled Hosseini
Número de páginas: 368
Editora: Nova Fronteira

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.




Olá, hoje trago a resenha do livro "Cidade do sol". Li esse livro há muito tempo e resolvi reler porque realmente merece ser relido. No início me interessei neste livro por se tratar de Khaled Hosseini, mesmo autor de “O caçador de pipas”, porém, não acreditava que seria uma obra tão boa quanto, mas, logo no início percebi que se tratava de uma obra prima.

O livro conta em um primeiro momento a vida de Marian, que vive com a mãe no Afeganistão, seu pai a esconde porque ela é filha de um relacionamento extraconjugal. Marian sempre pediu ao pai para lhe apresentar aos irmãos e introduzi-la na família dele, porém, Jamal nunca o fazia. Um dia a menina vai até a casa do pai a contragosto da mãe, e lhe chama no portão, mas, Jamal não aparece e Marian dorme a noite inteira na calçada, no outro dia ela volta pra casa e se depara com a mãe morta. Ficando sem a proteção da mãe ela vai viver com o pai, mas, Jamal, muito rapidamente, providencia casamento para se ver livre de Marian. O marido se chama Rashid, um sapateiro, 30 anos mais velho, que trata Marian como empregada, e passa a agredi-la fisicamente depois que descobre que ela não pode ter filhos.

Laila é vizinha do casal, tem 14 anos e tem uma boa educação vinda de seu pai, que é professor, seus dois irmãos morreram na guerra e por isso sua mãe sofre de uma forte depressão. Laila é apaixonada por Tariq, um rapaz estudioso e muito bondoso, e com ele a garota tem sua primeira vez. Dias depois a guerra fica acirrada e a família de Tariq é obrigada a fugir, pouco depois que eles se vão, Laila descobre estar grávida. A família da garota também resolve se exilar, porém, no dia da partida, um míssil atinge a casa de Laila e somente ela sobrevive.

Então, Laila e Marian têm suas vidas unidas, Rashid leva a menina para casa e propõe casamento a ela, sem saída, Laila aceita e dias depois, diz estar grávida dele. A partir daí o livro conta a vida dessas duas guerreiras juntas, com poucos direitos e muitos deveres, a convivência, as lutas, a fome, a sede, a guerra, como enfrentavam a fúria do marido, como criavam os filhos de Laila, o sofrimento de Laila por Tariq e o sonho de liberdade de Marian, a pureza e lealdade das duas.

Amei esse livro! Já li diversos livros depois dele, alguns muito bons, mas este me tocou profundamente, presenteei duas amigas com ele, porque, senti necessidade de compartilhar essa história maravilhosa.
O autor Khaled Hosseini descreve muito bem a vida das mulheres no Afeganistão, desde as roupas que são obrigadas a usar até a forma como criam seus filhos. Para mim uma tremenda lição de vida, me fez parar pra pensar antes de reclamar da vida, devorei esse livro em três dias e fiquei muito encantada e emocionada com o final. Com certeza entrou para a lista dos meus prediletos, recomendo muiiitoooo!!


 || SKOOB || TWITTER || FACEBOOK ||

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...