[Li & Postei] A Caminho da Sepultura - Jeaniene Frost


Titulo original:Halfway to the Grave
Autora:Jeaniene Frost
Editora:Novo Século

SINOPSE  
A meia-vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos em busca de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai - responsável por arruinar a vida de sua mãe. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceira maldita. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele. Aos poucos, percebe que ser uma semimorta não é de todo ruim, mas antes que possa aproveitar seu status de incrível caçadora de demônios, Cat e Bones são perseguidos por um grupo de assassinos. Ela terá de escolher um lado... e Bones está se tornando tão tentador quanto qualquer homem com um coração batendo.


Olá, Leitores Apaixonados!

Hoje trago para vocês a primeira resenha Paranormal Reading Challenge hospedado pelo blog Auntie Spinelli Reads. O livro de Janeiro é de Vampiros, então eu escolhi - A Caminho da Sepultura - Jeaniene Frost

Cat Crawfield era diferente das outras jovens de vinte e dois anos, aos dezesseis anos soube pela própria mãe que ela era metade vampiro/humana, foi um choque, mas partir desse dia ela estava em busca de vingança, então todas as noites saiu à caça de vampiros esperando que um dia, encontraria seu pai. Uma noite, durante uma caçada, ela se depara com Bones. Como Cat não é nenhuma donzela em perigo, ele está convencido de que ela foi enviada para matá-lo e está determinado a descobrir para quem ela trabalha. Com Bones é assim, bateu levou. Oh Senhor ele não teve dó!

—  Eu acho que vi um gatinho. Aquela voz dissimulada dissipou minha dor em uma onda de terror. quando o vi bem perto, me arrepiei.
—  Eu vi, eu vi, sim. Vi um gatinho! Terminada sua imitação de “Piu-piu”, sorriu para mim de um jeito desagradável. Tentei fugir e percebi que minhas mãos estavam acorrentadas à parede. Meus pés também estavam presos... Ah, meu Deus.

Não é novidade para aqueles que me conhece, que o primeiro vampiro por quem me apaixonei, deixando as piadinhas de lado foi o Edward Cullen, depois foi à vez do Zsadist da Irmandade da Adaga Negra, mas o Bones da Jeaniene Frost é simplesmente perfeito.

Cat tem os sentidos aguçados o que dar a ela uma vantagem de lutar contra os vampiros. Porém, quando num desses combates ela é raptada, Bones não tem outra opção a não ser concordar em treiná-la para trabalharem juntos. Bones tem mais de 200 anos, é poderoso tem muito conhecimento. Eles formam uma dupla imbatível e ao longo do caminho conseguem eliminar alguns vampiros bem malvados. O relacionamento evolui, e Bones faz com que ela enfrente e aceito seu lado vampiro. Quando não estavam caçando, os momentos entre eles eram totalmente quentes e agora Cat terá que escolher um lado. Eu a achei muito imatura, no campo de batalha é destemida, mas quando o assunto é sua vida pessoal, não consegue lidar com a verdade. Bones é sexy, sedutor, divertido, e quando necessário sabe ser cavalheiro, mas a nossa heroína tem dificuldade em aceitar quem ela realmente é, mesmo quando Bones tenta convencê-la que a vida de vampiro não é tão ruim.

... Eu não sobrevivi mais de 200 anos pra encontrar você e perdê-la em poucos. Quero você, e não estou dizendo adeus, porque nós iremos passar por isso.

Eu passei toda a leitura com um sorriso bobo na cara. Quem não vai amar o Bones? Sim, eu amei o primeiro livro da série Night Huntress! Há romance, cenas hot, muita ação. Uma pena que a relação entre eles não tenha terminado de forma satisfatória, fiquei de coração partido. Mas sei que ao logo da série, até o último livro tenho que me preparada para muitas emoções.

Meus sinceros agradecimentos, Obrigado por terem enriquecido este dia com a sua presença \o/!.

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...